Pesquisar

Administração financeira: 7 estratégias simples para dominar as finanças da sua empresa

administração financeira

Uma boa administração financeira é fundamental para a sobrevivência e crescimento do seu negócio. No entanto, um dos principais desafios dos empresários é fazer uma boa gestão das finanças da própria empresa.

A falta de administração financeira leva o gestor a não conhecer o verdadeiro lucro do seu empreendimento. Consequentemente, o negócio pode estar com uma saúde financeira comprometida e passar despercebido aos olhos de quem o administra.

Você realmente sabe como manter as finanças da empresa organizadas?

Neste blog, listamos 7 estratégias indispensáveis para você dominar as finanças da sua empresa e assegurar a sobrevivência no mercado. Acompanhe a leitura para colocar as dicas em prática!

1 – Organize o fluxo de caixa

O fluxo de caixa é um fator primordial na administração financeira. É ele que registra os movimentos de entradas e saídas de dinheiro do caixa da empresa.

Para um bom controle de fluxo de caixa, é preciso ter detalhes de cada origem e destino do capital. Assim, é possível visualizar de onde está vindo cada lucro, como ocorrem os recebimentos e para onde vão os maiores custos do empreendimento.

Quer descobrir como controlar o fluxo de caixa da sua empresa? Então leia nosso artigo com as 5 dicas mais eficazes.

2 – Utilize as ferramentas corretas

Não é de hoje que falamos que a tecnologia deve ser sua grande aliada na gestão financeira e empresarial. Uma ferramenta adequada pode agilizar operações, reduzir erros e oferecer mais segurança no tratamento de dados.

A tecnologia ideal precisa ter recursos que possibilitem a administração de cobranças, de notas fiscais, de controle de estoque, de compras, entre outros.

3 – Controle seu estoque

Apesar de muito negligenciado na administração financeira, o estoque faz toda a diferença nos custos da empresa.

Um estoque parado, por exemplo, representa um capital não circulando na empresa. O ideal, neste caso, é definir um estoque mínimo e máximo e liquidar o que representa um gasto além do necessário.

Ao criar uma rotina padronizada para controlar o estoque, você consegue identificar erros, aperfeiçoar processos e otimizar o orçamento.

4 – Elimine os gastos desnecessários

Assim como produtos parados em estoque, a baixa produtividade dos funcionários ou de ferramentas podem representar despesas para o seu negócio.

Por isso, é importante identificar quais são os processos que mais demandam dinheiro e como eles expressam retorno. Quando você identificar a origem das despesas, é possível buscar formas de reduzi-las e promover mais saúde financeira ao negócio.

Sempre que for trabalhar na eliminação de gastos, faça isso de maneira planejada para não comprometer a qualidade dos serviços.

5 – Fique atento aos prazos

É importante conhecer os prazos de vencimentos de contas e recebimentos, bem como as datas de pagamentos de impostos. Afinal, são essas datas que te permitem saber quanto de capital terá nas próximas semanas e meses. É esse controle, também, que te permite criar projeções e planejar ações futuras.

Em momentos de crise como a vivenciada atualmente, a atenção aos prazos deve ser ainda mais reforçada. Isso evita maiores dívidas, multas e juros.

6 – Esteja pronto para lidar com imprevistos

No ponto anterior, citamos a crise como motivo para controlar prazos e movimentações. Essa administração se torna ainda mais necessária quando levamos em consideração a possibilidade de crises e imprevistos no mundo dos negócios.

Como crises não podem ser previstas e problemas precisam ser controlados, o ideal é se preparar e se precaver. Na hora de organizar as finanças, tenha a certeza de que haverá recursos para manter o andamento do seu negócio mesmo durante momentos conturbados.

7 – Planeje, revise e planeje novamente

É claro que as demandas do cotidiano podem tomar seu tempo na administração da empresa. No entanto, elas não podem te levar a negligenciar o controle financeiro.

Crie uma rotina que te permita dedicar tempo para organizar dados e analisar informações.

Agora, se não puder fazer isso e desejar concentrar sua atenção no core business do seu negócio, o auxílio externo pode ser a solução. A terceirização do setor financeiro (ou BPO financeiro), neste caso, é a opção mais recomendada!

O BPO financeiro ajuda na administração financeira da sua empresa com o controle de atividades como o faturamento e as contas a pagar.

Esse serviço ainda ajuda no equilíbrio das contas, pois a terceirização, além de oferece um alto custo-benefício, ainda oferece um olhar externo e estratégico na sua gestão.

 

A Bonsenhor Connect oferece diversas vantagens financeiras para sua empresa através do BPO Financeiro. Para conhecer nossas especialidades, entre em contato aqui.

 

Gostou das dicas? Para mais informações sobre finanças e negócios, continue a acompanhar o nosso blog. Se tiver alguma dúvida, conte conosco para solucioná-la!

 

Com informações de: Fortes Tecnologia e Me Poupe

 

Compartilhar:

Leia também:

Famosos:

Materiais facilitadores de rotina:

Planilha de Controle Financeiro

Planilha de Índice de Turnover

Busca rápida:

Pesquisar

Comece agora sua jornada de sucesso!

Nós realizamos todo o processo de abertura da sua empresa!

Conosco sua empresa fica não só regularizada, mas também com o mínimo de impostos garantido, isso porque realizamos o estudo tributário da sua empresa!

Aqui, nós cuidamos da burocracia, para você crescer economizando tempo e dinheiro!

Quem-Somos-Bonsenhor-Contabilidade-Contabilidade-para-Agronegocio-Contabilidade-para-COMEX-Contabilidade-ISO-9001 2 (1)