Pesquisar

Como calcular a folha de ponto de funcionários: guia completo

Como calcular a folha de ponto de funcionários guia completo

Calcular a folha de ponto dos colaboradores pode parecer uma tarefa complicada, mas na verdade é bem simples quando se tem as informações necessárias e se segue os passos corretamente. Aqui, vamos explicar como fazê-lo com confiança e precisão.

Antes de começarmos, é importante ressaltar que o registro de ponto é obrigatório por lei para empresas com mais de 20 funcionários, de acordo com a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). O controle de ponto serve para garantir:

  • os colaboradores cumpram a jornada de trabalho estipulada;
  • cálculo dos valores referentes às horas extra;
  • cálculo dos valores referentes ao adicional noturno;
  • entre outros.

A nossa Analista de dpto. pessoal, Tatiana Mayumi aconselha que mesmo para empresas com menos de 20 funcionários, fazer o controle de ponto é uma segurança para a empresa e para o empregado

Passo a passo para calcular a folha de ponto

  1. Verifique o registro de ponto do colaboradores

O primeiro passo para calcular a folha de ponto é verificar o registro de ponto do colaborador. O registro pode ser feito manualmente, em um relógio de ponto ou por meio de um sistema eletrônico. Independentemente do método utilizado, é preciso que os horários de entrada e saída do funcionário estejam registrados de forma correta e legível.

Baixar Modelo de folha ponto de funcionário

  1. Cálculo de horas trabalhadas

Com o registro de ponto em mãos, é hora de calcular as horas trabalhadas pelo funcionário. Para isso, subtraia o horário de saída do horário de entrada, descontando os intervalos de descanso previstos em lei.

Cálculo de horas de trabalho na prática

Por exemplo, se o funcionário entrou às 8h e saiu às 17h, com uma hora de intervalo para o almoço, o cálculo seria:

17h – 8h = 9 horas trabalhadas – 1 hora de intervalo = 8 horas trabalhadas

  1. Cálculo de horas extras

Caso o funcionário tenha trabalhado mais do que a jornada prevista em contrato, as horas excedentes são consideradas horas extras e devem ser pagas com um acréscimo de, no mínimo, 50% sobre o valor da hora normal de trabalho.

Cálculo de horas extras na prática

Para calcular as horas extras, basta subtrair a jornada prevista do total de horas trabalhadas e multiplicar pelo valor da hora extra. Por exemplo, se a jornada diária prevista é de 8 horas e o funcionário trabalhou 9 horas, e o valor da hora normal é R$ 20,00, o cálculo seria:

9 horas – 8 horas = 1 hora extra Valor da hora extra = R$ 20,00 x 1,5 = R$ 30,00

  1. Cálculo de adicional noturno

O adicional noturno é um acréscimo de 20% sobre o valor da hora normal de trabalho, pago aos funcionários urbanos que trabalham no período entre às 22h e as 5h e suas prorrogações.

Cálculo de adicional noturno na prática

Para calcular o adicional noturno, basta multiplicar o número de horas trabalhadas no período noturno pelo valor da hora normal multiplicado por 20%. Por exemplo, se o funcionário trabalhou das 22h às 23h, e o valor da hora normal é R$ 20,00, o cálculo seria:

1 hora x R$ 20,00 x 20% = R$ 4,57

  1. Calcule o valor total da folha de ponto

Com todos os valores calculados, é hora de somar os resultados para obter o valor total da folha de ponto do funcionário. Para isso, some o valor das horas normais trabalhadas ao valor das horas extras, se houver, e ao valor do adicional noturno, caso tenha também. Por exemplo, se o funcionário trabalhou 8 horas normais, 1 hora extra e 1 hora no período noturno, e o valor da hora normal é R$ 20,00, o cálculo seria:

Cálculo do valor total da folha ponto na prática

8 horas x R$ 20,00 (salário 1 hora normal) = R$ 160,00 (horas normais)

1 hora x R$ 30,00 (salário hora extra) = R$ 30,00 (horas extras)

1 horas x R$ 4,57 (adicional noturno) = R$ 4,57 (adicional noturno)

Total da folha de ponto: R$ 194,57

*Sem considerar os valores de DSR (Descanso Semanal Remunerado: é o direito do trabalhador de ter pelo menos um dia de descanso por semana, com remuneração correspondente ao seu salário)

Baixar Planilha de Cálculo de Folha de Pagamento

É importante lembrar que os valores e os cálculos podem variar de acordo com o contrato de trabalho do funcionário e com a convenção coletiva da categoria, caso haja. Portanto, é fundamental que as informações estejam corretas e atualizadas.

Controle de ponto campeão

Para concluir, é fundamental que você tenha um bom controle de ponto dos funcionários, para:

  • evitar problemas trabalhistas;
  • garantir o pagamento correto dos salários; e
  • garantir o pagamento correto dos benefícios.

Caso você tenha dificuldades em realizar esse controle, pode contar com serviços de BPO de RH, como os oferecidos pela Bonsenhor Contabilidade, que podem ajudar:

  • a gerenciar a folha de pagamento;
  • o controle de ponto; e
  • outros processos relacionados à gestão de pessoas.

Clique aqui para nossa equipe entrar em contato com você.

Compartilhar:

Leia também:

Famosos:

Materiais facilitadores de rotina:

Planilha de Controle Financeiro

Planilha de Índice de Turnover

Busca rápida:

Pesquisar

Comece agora sua jornada de sucesso!

Nós realizamos todo o processo de abertura da sua empresa!

Conosco sua empresa fica não só regularizada, mas também com o mínimo de impostos garantido, isso porque realizamos o estudo tributário da sua empresa!

Aqui, nós cuidamos da burocracia, para você crescer economizando tempo e dinheiro!

Quem-Somos-Bonsenhor-Contabilidade-Contabilidade-para-Agronegocio-Contabilidade-para-COMEX-Contabilidade-ISO-9001 2 (1)