Pesquisar

Empreendedorismo feminino: dicas para as mulheres se destacarem no mundo dos negócios

empreendedorismo feminino

Não é de hoje que o empreendedorismo feminino é um assunto em alta no mercado. Cada vez mais, as mulheres estão conquistando seus espaços e assumindo papéis de grande importância no contexto empresarial. 

Estatísticas já apontam o crescimento do empreendedorismo feminino no Brasil e no mundo. Segundo pesquisa feita pela Global Entrepreneurship Monitor (GEM) em parceria com o SEBRAE, o Brasil possui aproximadamente 24 milhões de mulheres empreendedoras. Este número é bem próximo do total de homens empreendedores, que são cerca de 25 milhões.

Além disso, dados de uma pesquisa da empresa de consultoria McKinsey revelam que empresas com mulheres na liderança aumentam em 21% as chances de conquistar resultados acima da média.

Isso porque o olhar feminino é muito mais analítico e detalhista, o que possibilita às mulheres melhorarem as estratégias, os relacionamentos e a gestão de um negócio.

Esses dados, e diversos outros, demonstram a evolução, a ascensão e a importância da mulher no universo empresarial! Todavia, sabemos que são diversos os desafios que elas enfrentam, tanto no âmbito social quanto empresarial.

 

Por isso, e inspirados pelo Dia Internacional da Mulher, elencamos as principais dicas que toda mulher empreendedora precisa conhecer.

Quer conferir? Acompanhe a leitura!

 

1 – Estude o mercado 

Antes de começar a trilhar o caminho para realizar o seu sonho, é preciso muito aprendizado e conhecimento. Além de você precisar se especializar na área que deseja empreender, também é necessário entender o funcionamento do mercado de atuação.

Na internet, você pode encontrar informações valiosas sobre o contexto do mundo dos negócios atualmente. Sites como o SEBRAE e o portal Empresas & Negócios, do Governo, trazem insights e novidades para você ficar sempre atenta.

2 – Procure crédito no lugar certo

Segundo o Portal Valor Investe, um dos principais desafios hoje para as mulheres que querem empreender ou expandir seus negócios é acessar crédito.

Mesmo com networking, ainda há uma grande dificuldade de conseguir financiamento e empréstimo para o seu negócio.

Por isso, uma solução que pode ajudar é buscar sócias para empreenderem com você e captar investimentos. Além disso, atualmente existem várias formas de levantar capital, como as aceleradoras, os investidores-anjo, entre outros.

3 – Pratique o autoconhecimento e conheça sua missão

De acordo com levantamento feito pelo SEBRAE, o principal motivo pelo qual as brasileiras empreendem é a necessidade de ter outra fonte de renda ou de adquirir independência financeira. 

E você? Por qual motivo empreende? 

Refletir sobre qual é a sua missão e seus objetivos com o empreendimento é muito importante para que você entenda suas metas, suas necessidades e, principalmente, as soluções e promessas para o cliente. Além disso, a missão é fundamental para você planejar os próximos passos do seu negócio.

4 – Saia da zona de conforto e procure inovar

Em qualquer negócio, a inovação faz toda a diferença para os resultados e para o sucesso. Essa inovação pode ser desde uma tecnologia adotada ao empreendimento até a maneira como você entrega o seu serviço.

É por isso que sair da zona de conforto é tão importante! Especialmente nesse ramo, não ter medo de ousar e acreditar nos seus projetos e propostas é indispensável Afinal, haverão muitas pessoas desacreditando em você e falando que você não conseguirá, principalmente por ser mulher.

Não deixe que ninguém tire de você as suas metas e a sua vontade de inovar! Somente você, com seus estudos, habilidades e energia, conhece o seu verdadeiro potencial.

5 – Participe de redes de empreendedorismo feminino

Mulheres apoiam mulheres!

Você com certeza já ouviu esse ditado, não é mesmo? E é a mais pura verdade! Em uma rede colaborativa, as mulheres empreendedoras compartilham experiências, informações e criam networking. Além disso, elas podem divulgar o trabalho de outras mulheres, trazer insights e inspirações e agregar ainda mais força no mercado.

Se você não sabe onde encontrar essas redes, pode começar participando de workshops de empreendedorismo, ou então de eventos como Startup Weekend Women, do SEBRAE. Você verá como a experiência de outras mulheres trará mais confiança e sabedoria para o seu negócio.

 

Ah, e se você está em busca de uma dica extra, aqui vai: seja resiliente. 

A resiliência é a capacidade de lidar e se adaptar com problemas, superar obstáculos ou resistir à pressão de situações adversas. No contexto empresarial, ser mulher significa passar por todos esses desafios. Por isso, ser resiliente é uma característica fundamental da mulher empreendedora.

E aí, gostou dessas informações? Não guarde essas dicas para si mesma. Envie este artigo para uma mulher que você admira e apoie o empreendedorismo feminino! 

Compartilhar:

Leia também:

Famosos:

Materiais facilitadores de rotina:

Planilha de Controle Financeiro

Planilha de Índice de Turnover

Busca rápida:

Pesquisar

Comece agora sua jornada de sucesso!

Nós realizamos todo o processo de abertura da sua empresa!

Conosco sua empresa fica não só regularizada, mas também com o mínimo de impostos garantido, isso porque realizamos o estudo tributário da sua empresa!

Aqui, nós cuidamos da burocracia, para você crescer economizando tempo e dinheiro!

Quem-Somos-Bonsenhor-Contabilidade-Contabilidade-para-Agronegocio-Contabilidade-para-COMEX-Contabilidade-ISO-9001 2 (1)