Pesquisar

Inteligência emocional no trabalho: como desenvolver?

A inteligência emocional é um fator amplamente discutido e valorizado no âmbito empresarial.

Em seu conceito, inteligência emocional diz respeito à capacidade pessoal de compreender e lidar com estímulos e sentimentos de uma maneira adequada para si e para os outros.

No ambiente de trabalho, onde precisamos nos relacionar com diversas pessoas, lidar com situações de conflito e compreender as reações diversas, ter essa habilidade é fundamental. Afinal, quando o profissional sabe o que sente e é empático com os demais, os problemas são facilmente resolvidos.

É por isso que ter inteligência emocional é indispensável para um ambiente de trabalho saudável e produtivo.

Quer compreender melhor o que é inteligência emocional e como você pode desenvolvê-la para o sucesso profissional? Siga a leitura.

O que é inteligência emocional?

Inteligência emocional é a habilidade de identificar, compreender e gerenciar os próprios sentimentos e os dos outros. Além disso, ela consiste em trabalhar a motivação, o relacionamento interpessoal e a maneira como expressamos nossas emoções.

Esse conceito foi difundido pelos psicólogos Peter Salovey e Jhon Mayer e ficou mundialmente através do livro “Inteligência Emocional”, de Daniel Goleman (1986).

Em seu livro, Goleman categoriza a inteligência emocional como um fator que requer cinco habilidades essenciais:

  1. autoconhecimento: reconhecer as próprias emoções e sentimentos quando eles ocorrem;
  2. controle emocional: saber lidar e adequar as emoções diante das situações vividas;
  3. automotivação: conduzir as emoções em benefício de um objetivo ou uma realização pessoal;
  4. reconhecimento de emoções de outras pessoas: entender o que outro está sentindo e ter empatia;
  5. habilidade em relacionamentos interpessoais: saber conviver com outros indivíduos de maneira saudável e harmoniosa.

No âmbito profissional, quem possui tais habilidades têm maior probabilidade de alcançar o sucesso. Isso porque ter tais competências possibilita a motivação e o engajamento de equipes.

Além disso, a inteligência emocional otimiza a comunicação, contribui para o atendimento ao cliente e aos demais colegas de trabalho, aumenta a motivação e a produtividade e, consequentemente, estimula o bem-estar no ambiente organizacional.

Como desenvolver inteligência emocional no ambiente de trabalho?

Pratique o autoconhecimento

É importante que você conheça seus limites e seus pontos fortes e fracos para entender como irá reagir diante de situações inesperadas ou de conflito no ambiente de trabalho.

Preste atenção nas suas emoções diante de diversos momentos no ambiente organizacional. Faça uma autoanálise do seu comportamento e reações nestes casos e identifique o que te causa ansiedade, felicidade ou frustração.

Com isso, é possível antecipar esses comportamentos e, aos poucos, aprender a controlar melhor o seu racional e o seu emocional em cada uma dessas situações.

Tenha domínio das suas emoções

A partir do momento que você pratica o autoconhecimento, está pronto para dominar suas emoções.

Com base na percepção que você tem das suas próprias reações em resposta a determinadas situações, você deve dominar e controlar os impulsos em momentos adversos.

Ou seja, você precisa filtrar o que vai externalizar e de que modo vai fazer isso. Exercícios de respiração e criar o hábito de pensar antes de agir são atitudes que ajudam a desenvolver essa habilidade.

Estimule sua autoconfiança

Para lidar com as atividades atribuídas no ambiente de trabalho, é preciso ter confiança e domínio sobre o que será feito. Confie na sua própria capacidade e não tenha dúvidas de que você tem conhecimento e aptidão suficiente para agir. Caso contrário, os pensamentos negativos podem te limitar.

Acredite no seu potencial e explore-o. Ofereça o que você tem de valor, tais como ideias e sugestões para otimizar os processos. Você precisa ter confiança sobre si mesmo para expressar suas opiniões e exercer suas funções sem dificuldades.

Exercite a empatia

Ter empatia é ser capaz de entender as emoções do outro e se colocar no lugar dele. Uma pessoa empática tem um alto nível de inteligência emocional e possui a habilidade de se relacionar e se comunicar com mais destreza, uma vez que enxerga a situação com os olhos do próximo.

Ao se colocar no lugar de um colega de trabalho, você consegue imaginar o que ele está sentindo e respeita esses sentimentos. Essa compreensão pode diminuir conflitos e estimula a colaboração entre equipes.

Deixe de lado os pensamentos e impressões pré-concebidos. Coloque-se no lugar do outro antes de julgar ou agir. Isso com certeza vai potencializar as conexões e atividades no ambiente empresarial.

Não se deixe dominar pelo estresse ou pela pressão

Momentos de estresse no ambiente organizacional são inevitáveis.

Um prazo curto, uma mudança inesperada, uma crise financeira: todos esses momentos podem causar pressão a todos os envolvidos. Por isso, é preciso ter inteligência emocional para manter o equilíbrio e não se deixar levar pelas emoções afloradas.

Quando você domina seus sentimentos e não deixa eles te dominarem, encontra soluções assertivas para melhorar ou contornar as situações.

Busque aperfeiçoamento profissional

Todos nós almejamos o crescimento profissional. Uma pessoa com domínio e inteligência emocional compreende que, para crescer no ambiente de trabalho, é preciso aperfeiçoamento constante.

Nesse ponto, é importante analisar os seus pontos positivos e negativos para saber em quais fatores deve investir aperfeiçoamento.

Procure feedbacks sinceros com seus colegas de equipe, clientes ou superiores. Com base nas repostas, você reconhece como pode melhorar para si mesmo e para o bem da empresa.

 

Como você pode ver neste blog, a inteligência emocional no trabalho é um conjunto de habilidades que faz toda a diferença na carreira profissional.

Agora que você sabe como desenvolver esse elemento tão importante, busque aprimoramento profissional e se destaque no ambiente de trabalho!

Gostou do conteúdo? Aproveite também para ler nosso blog sobre Como manter a motivação na empresa durante a crise.

Compartilhar:

Leia também:

Famosos:

Materiais facilitadores de rotina:

Planilha de Controle Financeiro

Planilha de Índice de Turnover

Busca rápida:

Pesquisar

Comece agora sua jornada de sucesso!

Nós realizamos todo o processo de abertura da sua empresa!

Conosco sua empresa fica não só regularizada, mas também com o mínimo de impostos garantido, isso porque realizamos o estudo tributário da sua empresa!

Aqui, nós cuidamos da burocracia, para você crescer economizando tempo e dinheiro!

Quem-Somos-Bonsenhor-Contabilidade-Contabilidade-para-Agronegocio-Contabilidade-para-COMEX-Contabilidade-ISO-9001 2 (1)